AÇÕES DE TURISMO

Cilada ou bom negócio: vale a pena investir em ações de turismo em 2022? As companhias aéreas no Brasil alcançaram 84,7%.

Em dezembro, as companhias aéreas no Brasil alcançaram 84,7% da malha que operavam antes da pandemia atingir o setor em março de 2020, de acordo com a Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas), mas, apesar disso, os receios sobre o avanço da ômicron pelo mundo continuam no radar.

E como ficam as ações em 2022?

As maiores representantes do setor de viagens na bolsa de valores são grandes conhecidas dos brasileiros. Gol e Azul, representante das companhias aéreas, e CVC Brasil, do setor de turismo, sofreram em 2021, fechando o ano com quedas expressivas nas ações. De acordo com um levantamento da Economatica, a maior queda anual ficou com a Azul (-38,02%), seguida da CVC Brasil (-32,17%) e da Gol (-31,72%).

"O setor de aéreas é complicado de ser operado, porque tem despesas em dólar e receitas em reais. Desde o leasing até o custo de operação das aeronaves", afirma Flávio Oliveira, head de renda variável da Zahl Investimentos.

"Investir em companhia aérea tem um alto risco pela alta da taxa de juros, do câmbio e das regras pouco definidas, que mudam o tempo todo, sobre a forma segura de embarque nos aviões para conter a pandemia", afirma Alexandre Achui, head da mesa private de ações e sócio da BRA.

O que está acontecendo com o setor?

"A Gol e a Azul, por exemplo, fazem o leasing dos aviões em dólar. Quando o dólar sobe, tem uma influência direta no desempenho da empresa. Em 2022, temos precificados pelo menos 3 aumentos de juros nos Estados Unidos. Isso significa que vemos um dólar mais alto, com juros mais altos, o que aumenta as dívidas das empresas", afirma Achui.

O que está acontecendo com o setor? Todo mundo sabe que o turismo em geral foi penalizado pela pandemia. Com o avanço da doença, governos de todo mundo implementaram medidas para controlar a transmissão do vírus, incluindo fechamento de fronteiras.

Mas não foi só isso que prejudicou o setor. O câmbio e a taxa de juros mais altos também têm relação direta com as dificuldades enfrentadas pelas companhias e a desvalorização das ações.

Somado a isso, as empresas estão vendendo mais voos e pacotes, mas a receita diminuiu, por causa do aumento dos custos das operações. A Gol, por exemplo, informou hoje que espera um prejuízo de R$ 1,33 por ação em seus resultados do 4º trimestre de 2021.

Conteúdo de Qualidade no FreeBitcoin