COMO ESTÁ O BITCOIN EM EL SALVADOR

Um mês da Lei Bitcoin: como está a adoção da criptomoeda em El Salvador. Nestes 30 dias, o pequeno país se dividiu entre quem apoia e quem se opõe à lei.

Nesta quinta-feira (7) completa-se um mês desde que El Salvador implementou a Lei Bitcoin instituindo o Bitcoin como moeda de curso legal no país.

A decisão envolveu muita polêmica a manifestações contrárias por parte dos salvadorenhos. Mesmo assim, Nayib Bukele, o presidente do país centro-americano, avançou com o projeto e registrou um marco na história da economia global.

Bitcoin no Envio de Remessas

Sobre o uso do Bitcoin para envio de remessas internacionais, na quarta-feira (6), Bukele publicou no Twitter:

"Desde ontem, os salvadorenhos estão inserindo mais dinheiro (para comprar Bitcoin) do que o que eles estão retirando do Chivo Wallet ATMs. E se somarmos as remessas (quase US$ 2 milhões por dia), o USD que entra é quatro vezes maior que a saída. Isso é muito surpreendente no início do jogo."

Juan Moz, um salvadorenho que vive nos Estados Unidos desde 2005 escolheu Chivo para enviar remessas à família.

Segundo ele, é possível economizar até US$ 18 em comparação com os serviços tradicionais de transferência de dinheiro.

"Definitivamente vou continuar usando", disse ele em uma entrevista à Reuters de San Francisco.

Para ampliar o serviço de envio de remessas via Bitcoin, o governo salvadorenho instalou 30 caixas eletrônicos de Bitcoin nos EUA. O ATMs de BTC estão em Atlanta, Chicago, Houston e Los Angeles.

Uso de Bitcoin no comércio Já no comércio, o Bitcoin não vem sendo tão utilizado, provavelmente, devido à volatilidade da criptomoeda.

De acordo com a Fundação Salvadorenha para o Desenvolvimento Econômico e Social, 12% dos consumidores usaram a criptomoeda neste primeiro mês de adoção.

Por outro lado, apenas uma pequena fração das empresas do país centro-americano passou a aceitar pagamentos em Bitcoin. Starbucks, McDonald’s, Wendy’s e Pizza Hut são alguns dos estabelecimentos que aceitam a criptomoeda.

Contudo, conforme apontou um levantamento recente, que entrevistou 233 empresas, 93% das empresas relataram nenhum pagamento com Bitcoin.

Uso do Bitcoin em El Salvador

O fato é que o número de usuários da Carteira de Bitcoin Chivo, criada pelo governo, segue crescendo. Segundo Bukele, nenhuma outra instituição financeira do país tem tantos usuários quanto Chivo.

Bukele disse que 3 milhões de pessoas já baixaram a carteira, cerca de 500 mil a mais do que o previsto inicialmente. Além disso, o número de usuários corresponde a cerca de 50% da população salvadorenha. Bukele também informou que cerca de 65.000 transações estão sendo processadas por segundo na carteira.

Importante ressaltar que o governo de El Salvador fez uma forte campanha para que os cidadãos baixassem o aplicativo de carteira digital dando cerca de US$ 30 em Bitcoin para quem o fizesse.

Mais Notícias no Free Bitcoin